Varejo

8 dicas para fazer uma boa promoção na loja física

Nada melhor do que uma boa promoção para fazer a loja dar aquele salto nas vendas. Se os tempos são de ‘vacas magras’, a loja deve ter estratégias eficazes para abastecer o caixa. Porém, é preciso ter cuidado para fazer uma oferta tão boa para o cliente quanto para o negócio.


Não é sempre que as pessoas querem comprar, por esse motivo mesmo é tradicional fazer promoções para estimular compras no varejo. Também, a loja tem sempre um produto que não girou em estoque ou que faz parte da coleção passada e que precisa ser vendido para dar espaço a novidades.


Então saiba tudo para você fazer uma ótima promoção na loja física em oito dicas essenciais!


1 – Conheça o público-alvo para direcionar a promoção


De nada adianta ter os melhores produtos, atendimento, localização, espaço físico e equipe se a loja não conhece o seu público-alvo. Esse é o primeiro passo de uma estratégia eficaz de promoções.


Conhecer as preferências, desejos e comportamentos do público fará com que você tenha uma visão mais apurada sobre que caminhos seguir com a promoção. É possível conhecer o seu público por meio de pesquisas online, no atendimento presencial e pelas redes sociais.


2 – Estabeleça prazo nas promoções


Toda promoção tem seu fim. É preciso estipular início e término da oferta por alguns motivos muito importantes. Toda ação promocional tem limite de peças e os preços não são baixos o ano todo.


Também, o prazo cria um senso de urgência no cliente. Para que ele saia de casa correndo, pensando que se não comprar naquela hora, vai perder uma ótima oportunidade.


3 – Defina o tipo de promoção


Depois de definir quando e para quem será feita a promoção, é hora de colocar em ação qual será o tipo de oferta. Há várias formas de atrair e encantar clientes com promoções diferentes. Isso também deve levar em conta o tipo de produto que será vendido, já que cada um se encaixa melhor em um modelo.


Promoção progressiva


“Compre uma peça por R$ 39 e, levando duas, a segunda sai por R$ 29”.


Você já comprou em uma promoção dessas, não é? Essa é uma maneira de agregar valor ao produto e fazer com que ele veja vantagem de levar mais peças, pois o desconto é progressivo. A loja vende mais peças e fatura mais assim. Ou seja aumenta também a performance do P.A. da loja.


Promoção convencional


“De R$ 89, por R$ 59”.


Essa promoção serve para aqueles produtos que estão encalhados e que precisam ser vendidos o quanto antes da vitrine. Lançamentos também servem para fazer esse tipo de oferta na loja física.


Além disso, este tipo de promoção convencional é bem transparente e demonstra para o cliente, de forma direta, quanto será o desconto no bolso dele!


Promoção relâmpago


“Calças no modelo chino com desconto de 50% off! Apenas hoje esta promoção!


É aquela promoção que acontece de repente e em um período muito curto. Esse tipo de oferta pega bem os consumidores que compram por impulso, que ao verem a boa vantagem de desconto coçam a mão para não perder a oportunidade.


Cupom de desconto


“Levando essa camiseta, você ganha R$ 19,00 de desconto para a sua próxima compra!”


Essa promoção serve para alavancar as vendas a curto prazo porque oferece no ato da compra um cupom de desconto para a próxima.


É importante determinar para quais produtos que a oferta é válida, bem como qual é o prazo que o cliente poderá usar o cupom. Também, se o desconto é proporcional ao valor gasto pelo cliente ou se é fixo, independente da quantia.


4 – Use um calendário em favor das promoções


Usar datas comemorativas deve ser de praxe de qualquer loja física. Dia do Amigo, Dia dos Pais, Dia das Mães, Dia das Crianças, Dia dos Namorados e tantas outras datas que precisam ser aproveitadas ao máximo, com a criação de promoções alinhadas ao momento.


Também, as campanhas promocionais que aproveitam as datas comemorativas devem ser feitas com antecedência. Assim, a loja aproveita o timing e faz as vendas nos momentos de maior busca dos clientes.


5 – Avalie os custos da promoção


Os custos devem ser avaliados de acordo com todo o mix de produtos e a campanha promocional completa, que inclui divulgação, quantidade, duração etc.


Assim, a loja consegue manter uma boa margem de lucro, melhorar a taxa de conversão e o ticket médio, de forma mais proveitosa.


6 – Prepare o estoque da loja física


Se você sabe que um lançamento ou uma linha de produtos faz mais sucesso, deve apostar mais nelas. Para isso, preparar o estoque para ter peças suficientes para atender a demanda é essencial.


Mesmo nos casos em que a promoção é para desencalhar alguns produtos que estejam há um tempão parados na loja, o varejo pode comprar itens relacionados. Assim, se o cliente entrar na loja, puxado pela oferta, mas não querer a peça por algum motivo, você tem outras opções para mostrar, aumentando as chances de vender mais.


7 – Pense no marketing


O marketing deve ser aliado estratégico na hora de fazer a promoção. Pensar em quais canais de venda serão feitas as divulgações de ofertas, produtos e tudo o que envolver as ofertas da loja física é primordial.


O marketing deve ficar em contato direto com o cliente, mensurar os resultados, calcular as melhores estratégias e fazer a loja vender muito.


8 – Analise os resultados


Com a oferta feita e finalizada, todos estão na loja cansados de tanto vender, mas com aquele sorriso no rosto porque o lucro está lá no alto. Calma, ainda há trabalho a fazer, porque é preciso avaliar os resultados das vendas.


Essa é uma etapa tanto de enxergar erros e acertos na campanha feita quanto preparar a loja para as próximas. Seja você gerente ou dono da loja, deve observar o gráfico das vendas, das melhores às piores e às medianas.


Qual o produto foi mais vendido? Qual foi o maior mark up? Qual foi a categoria de item menos comprada? Quais foram os locais da loja que mais atraíram os clientes? Que dia houve mais vendas? Qual o melhor horário para lançar as promoções?


Todas as respostas para as questões acima e muitas outras estão nos relatórios de vendas que a loja vai ter ao final da promoção. Assim, com os resultados em mão, você pode preparar melhor suas próximas ofertas, corrigir erros e reforçar as ideias que tiveram os melhores retornos.


Para fechar com chave de ouro esse post, sempre acompanhe as maiores tendências do nicho em que atua, assim, você pode agregar esse recurso nas promoções.


Confira também mais 4 dicas para melhorar as vendas na loja física!


Gostou? Deixe seus comentários aqui embaixo 👇


Até logo,