Gerentes

Loja física: como planejar uma reunião produtiva

Gerenciar uma loja física exige a orientação da equipe de vendas para o alcance das metas. Para guiar o time, é essencial fazer um bom planejamento e alinhamento. Contudo, há vários pontos que devem ser considerados para fazer uma reunião produtiva.


Fazer uma reunião assertiva de equipe exige uma série de passos que um gerente deve ter, para não perder nem seu tempo e nem o da equipe. Assim, o líder passa uma mensagem clara e objetiva, para que todos tirem dúvidas e apresentem novas ideias.


Descubra neste blogpost, como você deve planejar uma reunião de vendas na loja e realizá-la, garantindo melhorias de produtividade e eficiência!


Equilibrar o autoritarismo X democracia na reunião da loja física


Reuniões são momentos em que há sempre dois lados: o do autoritarismo e o da democracia. Distinguir cada um desses pontos é importante, pois, caso a balança pese mais para um ou outro, a reunião não será nada produtiva.


Autoritarismo

No lado do autoritarismo, centralizar todo o discurso e reter todas as informações faz com que os funcionários se sintam sem espaço para contribuir. Assim, eles ficarão com uma má impressão da gerência e de como a loja lida com seus colaboradores. Sem contar que esse é um dos principais motivos que deixa uma reunião frustrante.


Democracia

No lado democrático, os colaboradores podem expor suas ideias, fazer sugestões e dar feedbacks, para trazer mais pontos de vista sobre os tópicos abordados. Fatores que colaboram para que o gerente tenha um panorama sobre erros e acertos da loja, elaborando melhores estratégias para melhorias.


Como ponderar os dois lados

Entretanto, em alguns momentos um gerente deve assumir um papel autoritário, estabelecendo que alguns pontos de uma reunião não serão abertos “para votação”. Contudo, em outros aspectos, a gerência deve ser democrática e buscar opiniões diversas.


Ou seja, um gerente deve buscar o equilíbrio nessa balança para que a reunião seja, de fato, produtiva.


Planejar a pauta da reunião


Fazer uma reunião produtiva em uma loja física exige que você delimite uma pauta com todos os tópicos, com certa antecedência. Desta forma, você garante que apenas os pontos selecionados serão discutidos.


Apresentação de novos colaboradores e a saída de outros

Quando a loja contrata novos vendedores, você deve reunir todos da loja física para fazer as boas-vindas ao novo colaborador. Ainda, deve ser oferecido um espaço curto na reunião para a pessoa nova se apresentar aos colegas.


O mesmo momento é propício para avisar a equipe sobre quando um funcionário já não faz mais parte do quadro interno. É papel sempre do gerente comunicar o time da loja física sobre a saída de um funcionário, sem revelar detalhes e motivos — o anúncio deve ser breve e objetivo.


Falta de produtos, apresentação de novos produtos

Ao mesmo tempo em que a loja física começa a trabalhar com um produto novo, a equipe deve ser informada na reunião. Dedicar um tempo a esse tópico é importante para esclarecer todas as características e qualidades do produto.


Também, a equipe deve ser alertada sobre a falta de produtos na loja e previsão de recebimento de mercadorias. Por isso, fazer a gestão de estoque para ter sempre o produto em qualquer momento, é essencial.


Técnicas de vendas e atendimento ao cliente

As técnicas de vendas e atendimento ao cliente em lojas físicas sempre devem ser reforçadas e atualizadas em reuniões específicas. Você pode dedicar reuniões inteiras a esse assunto, já que precisam de tempo mais extenso para apresentar os métodos.


Simulações devem ser feitas, para exemplificar as técnicas e trazer para a prática, situações que vão acontecer com qualquer membro da equipe de vendas. Esse preparo garante mais segurança e confiança aos colaboradores e mostra também a preocupação da loja com os vendedores.


Alterações de procedimentos e regras

Esse assunto é um dos mais importantes, portanto deve ser um dos primeiros a serem abordados numa reunião de loja física. Tudo referente às políticas internas precisa ser sempre comunicado, para evitar o famoso “ninguém me avisou” ou “eu não sabia”.


Reconhecimento coletivo e individual

Elogie em público e critique em particular. Essa máxima funciona em qualquer ambiente e não seria diferente na loja física.


Esse feedback pode ser feito ao final da reunião, para deixar a equipe ou o funcionário prestigiado com a ideia reforçada. O que dá um ânimo a mais para ele conquistar mais metas e trabalhar melhor.


Promoções, brindes e descontos

Promoções, descontos e brindes devem ser informados a todos da equipe logo no início da reunião. Especificar quantidade do produto em estoque, detalhes da promoção e condições de descontos é imprescindível para evitar erros da equipe.


Metas, desafios e bônus

Incluir metas, desafios, bônus e premiações para a equipe é ótimo para que todos se empenhem em vender mais. Esse tópico deve ser muito bem definido entre gerência e direção da loja, para ter respostas para dúvidas que inevitavelmente vão aparecer.


Você também precisa se preparar para trazer informações e argumentos convincentes, para lidar com possíveis objeções ou reclamações da equipe.


Brainstorm

Uma reunião serve como um grande encontro para um brainstorm em uma loja física. Esse recurso abre espaço para toda a equipe trazer novas ideias e discutir melhorias para o local.


Para fazer um brainstorm de sucesso, comunique com antecedência aos colaboradores — avise ao final da reunião anterior. Sejam sugestões para melhorar a vitrine, organizar o estoque ou expor os produtos, o brainstorm deve levantar a opinião de todos.


Estipular o tempo de duração

O tempo de duração de uma reunião de loja física é muito importante, afinal, com a correria do dia a dia de trabalho em um varejo físico, não é fácil reservar esse momento. Para isso, deve-se planejar com antecedência os pontos a serem abordados na reunião, sua duração máxima e o tempo de cada tópico.


Uma reunião produtiva de loja física, em média, deve ser de até 40 minutos, porém, esse tempo é para uma reunião mensal. Reuniões em que os assuntos sejam de rápida orientação devem ser curtas, para a otimizar e tornar a hora eficiente.


Um gerente ainda deve se ater que, ao estabelecer um tempo de reunião, deverá cumpri-lo com assiduidade, começando e terminando no horário estipulado. Isso mostra controle da situação e respeito a todos da equipe.


Ainda, assuntos que não façam parte do que foi definido para a reunião, ou feedbacks e críticas que surgirem na hora, devem ser “cortados” do momento. Esses assuntos periféricos atrapalham a produtividade da reunião e podem ser abordados em outro meeting.


Determinar uma frequência


Nem todas as reuniões são iguais, tanto em tempo e assuntos, por isso mesmo você deve fazer uma organização de cronogramas, baseando-se nesses aspectos.


Uma reunião semanal é suficiente para colocar os assuntos mais prioritários em dia, como informar a equipe sobre novidades da loja, normas e produtos. Já assuntos que devem ser reforçados e não tem tanta urgência podem ser distribuídos durante o mês, em pequenos encontros com a equipe.


Dúvidas, feedbacks e sugestões podem ficar para reuniões curtas, após ou antes de uma reunião mais longa. Assim, a equipe e você têm tempo de se organizar e pensar mais, para trazer melhorias para a loja.


Diante de todo esses pontos sobre como planejar e realizar uma reunião produtiva de loja física, fica mais simples e objetivo conduzir esse momento com a equipe. Ainda, é papel do Gerente registrar todos os feedbacks sobre os pontos de melhorias e levantá-los nas reuniões seguintes.


Esse acompanhamento ajuda você a criar planos de ação mais consistentes e identificar com facilidade, todos os resultados das melhorias na loja física. Além de constatar erros e eliminá-los de vez da loja.


Curtiu o conteúdo? Acompanhe as novidades no blog pelas redes sociais, siga-nos no Instagram!


Até logo,