Your address will show here +12 34 56 78
Gerentes

Gerenciar uma loja física resume-se em três principais pilares: planejamento, operação e relacionamento. Para cumprir todos esses quesitos com maestria, um gerente de loja física deve seguir alguns pontos-chaves.


Cumprir metas, aumentar o ticket médio, melhorar a taxa de conversão, manter a loja organizada e com uma equipe engajada são tarefas feitas em conjunto. Porém, se não tiverem uma cabeça para liderar cada uma dessas ações de maneira equilibrada, nada acontece.


Por isso, a figura do gerente de loja é especial para o bom andamento no ponto físico e esse profissional precisa se colocar à frente em muitos fatores. Quer saber como ser uma referência para sua equipe? Confira sete dicas fundamentais para se tornar um excelente líder de equipe na loja física!


7 dicas que todo gerente de loja deve seguir


1 – Conheça as pessoas que lidera


A gestão de pessoas é uma das características mais valorizadas no papel do Líder. Descobrir as principais qualidades e pontos a melhorar de cada um da equipe, seja os vendedores, estoquistas ou caixas da loja é importante para desenvolver o desempenho de cada um dentro da sua função. Esse fator é crucial para apoiar a busca por resultados e promover o crescimento profissional.


2 – Fique atento às novas tecnologias do varejo físico


É preciso estar antenado as novas tecnologias e tendências no setor do varejo físico e vendas. Consuma, constantemente, conteúdos que te ajude a se manter por dentro das novidades, além de fazer um amplo networking com outros profissionais da categoria.


3 – Seja um influenciador para sua equipe

Dicas que todo gerente de loja deve colocar em prática


Seja o exemplo do perfil que você gostaria de ver na sua equipe de vendas. Influencie a partir do seu próprio comportamento as pessoas que trabalham ao seu redor, principalmente aqueles que são influenciados pela hierarquia da gerência.

É responsabilidade do gerente promover e apoiar comportamentos e hábitos saudáveis no ambiente dentro e fora da loja física.


4 – Escute a sua equipe 


Se alguém está em sua equipe, é porque essa pessoa é foi qualificada para auxiliar o seu trabalho também. Considerar a opinião de cada vendedor é uma estratégia que todo gerente de loja deveria seguir.

Este comportamento ajuda o líder enxergar sobre diferentes pontos de vistas, melhorar as vendas e o engajamento da equipe


5 – Seja (muito) organizado


Um gerente deve antes de saber organizar a equipe, ser organizado com o seu próprio trabalho. Isso garante que nenhuma “ponta fique solta” dando margem para erros evitáveis, que podem atrapalhar o dia a dia de cada um.


Além disso, transmitir a organização do seu trabalho para a equipe, fará com que cada um se conscientize sobre como manter a arrumação na loja física da melhor forma.


6 – Comunique de forma transparente


Um bom gerente de loja física deve ser transparente com as suas ideias e tomadas de decisão. Esta qualidade resulta em uma comunicação clara como todos da equipe.

A transparência na comunicação é fundamental para que os funcionários entendam que o trabalho é desenvolvido de forma honesta e que todos têm acesso a informações do seu líder.


7 – Dê mais responsabilidade e autonomia


Ninguém vai “pedalar com rodinhas” a vida toda e uma hora elas devem ser retiradas: essa analogia explicita o quanto a autonomia é importante!


Por isso, cabe ao gerente de loja orientar e conversar sempre com cada colaborador, para direcioná-lo a respeito de suas ações. Sempre promovendo o trabalho de cada pessoa e dando um feedback assertivo sobre melhorias para fazê-lo “pedalar sozinho e sem rodinhas”.


Enfim, seguir cada um dos passos dessa lista é essencial para que o seu sucesso como gerente de loja física seja alcançado.


Lembre-se: um verdadeiro líder é aquele que vê como ajudar todos e que consegue aflorar o melhor de cada profissional, o responsável por ajudar no desenvolvimento profissional da equipe. 


Ainda, nunca se deve esquecer que o êxito profissional sempre vem acompanhado de um trabalho em equipe, que também merece seu reconhecimento!




Agora que você sabe o que fazer, baixe nosso e-book para profissionais do varejo e saiba quais as tendências em vendas para o varejo físico!


Até logo,

0

Gerentes

Vitrines de lojas organizadas, com produtos chamativos e de fácil visualização é o mínimo que você deve ter para atrair clientes. Mas, e se você oferecer algo a mais aos olhos dos consumidores? Os hologramas dão esse diferencial e destaque.

Você sabe que a experiência do cliente deve ser ótima para que ele sempre retorne na loja. Para além da limpeza, decoração e produtos novos, o espaço envidraçado deve despertar o interesse no consumidor, para que ele entre, veja os produtos e compre.

Os hologramas em vitrines de lojas são uma novidade e dão conta do recado para chamar a atenção do cliente, oferecendo ao mesmo tempo um entretenimento!

Entenda os hologramas para vitrines de lojas

Se você já assistiu Guerra nas Estrelas, deve ter visto a Princesa Leia em holograma, sendo projetada para os Jedi. Aquilo é um holograma em 3D — muito avançado para a época do filme.

Os hologramas são projeções de luz feitas por um aparelho, que formam em duas ou três dimensões imagens de qualquer coisa que você queira expor. Pode ser uma pessoa, um tênis, uma roupa ou simplesmente figuras abstratas aleatórias.

Na prática, o aparelho utiliza LEDs de alta intensidade, que giram em velocidade acelerada e projetam em ótima resolução — alguns em HD — e fiel à imagem real. A técnica une computação gráfica com iluminação para produzir o efeito holográfico.

Conheça os tipos de hologramas para usar

Os hologramas podem ser usados com displays de acrílico, para projetar imagens em 2D. Também, funcionam com fotos e vídeos feitos com fundo de Chroma Key (fundo verde). Mas, a melhor estratégia é usá-los em 3D, para fazer a projeção “flutuar” e obter o melhor efeito nas vitrines de loja. Confira tipos de imagens que podem ser projetadas no display, que vão melhorar a experiência do cliente e atrair muitos outros!

Produtos

Se tem algo melhor do que colocar um produto novo nas vitrines de lojas, é vendê-los rapidamente. Aumente as chances de vender bem seus produtos com os hologramas. Os clientes terão a chance de ver o produto por completo na vitrine e se eles não tiverem tempo de entrar na hora, com certeza voltarão com aquela imagem na cabeça.

Pessoas

Você se lembra do recente comercial do fast-food Popeyes, com a Dercy Gonçalves? Era um holograma! E pelo que você também deve se lembrar, a brincadeira chamou muito a atenção dos clientes no local e atraiu olhares curiosos à imagem da senhora desbocada.

Você pode usar tanto imagens de figuras famosas, como a já falecida Dercy, como também de qualquer pessoa. Pode colocar na porta da loja, dando boas-vindas e tirando dúvidas de clientes.

Efeitos

Os efeitos são um show à parte e até podem até fazer um barulho igual a de fogos de artificio, se você quiser — há modelos de equipamentos que suportam caixas de som externas.

Programar um bom efeito audiovisual e colocar a máquina na porta, na vitrine, ou em um espaço de destaque da loja será um sucesso.

Frases

Alguma frase está em alta no momento ou você tem slogans e quer que os seus clientes e novos consumidores os vejam nas vitrines da loja? Basta programar algumas palavras à sua escolha e colocar o aparelho para rodá-las.

Esse é um meio muito eficiente também para divulgar promoções, combos, descontos e tudo o que merecer relevância na loja. Imagine que, ao anoitecer, a frase terá mais realce com letras coloridas e brilhando na vitrine.

Logos

O seu logo já chama a atenção por si só, mas ele precisa de um destaque maior para mostrar sua presença no comércio varejista da cidade. Recorra ao display holográfico e jogue o seu logo nele. Ou então, que tal divulgar a logo de todas as marcas que você trabalha? Isso fará os olhos dos clientes crescerem em frente às vitrines!

Veja as vantagens do holograma na loja

Além de todas as possibilidades de uso que os hologramas em vitrines de lojas oferecem, dentro de cada uso, sempre há grandes vantagens para o negócio. Veja:

– Demonstra produtos e novidades sem exigir a presença física de um vendedor.
– Associa a loja ao pioneirismo e a diferencia das concorrentes.
– Pode ser usado como ferramenta de informação.
– Reforça o aspecto visual da loja.
– Chama mais a atenção dos clientes.
– Gera vendas indiretamente.
– Agrega valor à marca.
– Provoca curiosidade.

Usar os hologramas nas vitrines de lojas trará ênfase ao espaço físico como também à identidade da empresa. Essa é uma estratégia tecnológica que cativa os clientes e facilita a conquista deles!




Até logo,

0

PREVIOUS POSTSPage 1 of 4NO NEW POSTS